Conquiste uma vida

A mata nativa de uso exclusivo dos condôminos, um projeto de paisagismo profissional e a proximidade com a Serra do Japi deixam a vida dos moradores do Forest Jundiaí ainda mais saudável. Aproveite!

Grupo Lar Um trecho de mais de 18 mil m² da área total do terreno do condomínio é constituído por uma APP (Área de Preservação Permanente). Isso significa que a diversidade biológica desta área tem de ser protegida e que deve ser ocupada de forma disciplinada, para assegurar a preservação dos seus recursos naturais. Por isso, apenas uma parte mínima destas árvores foram removidas para a construção dos edifícios. Biólogos de uma consultoria especializada analisaram a área e indicaram quais espécies seriam replantadas e onde. Conclusão: 1.366 novas árvores de 80 espécies compõem agora uma nova área verde de mais de 8 mil m². Bom para o meio ambiente e melhor ainda para os moradores do Forest, que vão usufruir desse pedacinho de natureza pura! A paisagista Neusa Nakata, responsável pelo projeto paisagístico do empreendimento, conta ainda que essa restrição legal da APP foi sua grande aliada. "Por causa dela, a mata protegida se transformará em uma floresta particular para os moradores", um importante item de lazer e saúde diz ela. Acompanhe sua entrevista.

O Forest Jundiaí está em uma APP (Área de Preservação Permanente). Qual foi o maior desafio?

As restrições previstas para o terreno deixavam menos espaço para implantar as mais de 30 opções de lazer. A solução foi incorporar o lazer à mata e criar alternativas integradas ao bosque, como a churrasqueira, a trilha e a pista de skate.

O que você destacaria?

As trilhas para caminhada e corrida, combinadas com equipamentos de ginástica, áreas de estar e espaços de descanso e meditação são as que eu mais gosto.

Como foram projetadas as outras áreas verdes?

Priorizamos o uso de espécies nativas nas áreas onde os jardins foram projetados. A rua de acesso ao condomínio vai ganhar palmeiras, que darão imponência ao visual. Será possível transitar em meio às arbustivas ornamentais com texturas e cores diferentes. Haverá também praças onde serão plantadas árvores frutíferas, para que todos possam colher frutas do pé.